Compartilhar, , Google Plus, Pinterest,

Renda extra em casa: Encontre o modelo ideal pra você

renda extra chuva de dinheiro
Renda extra em casa: Encontre o modelo ideal pra você
Esse texto te ajudou?

Introdução – Encontre o modelo de renda extra em casa ideal para você

Já falei aqui no blog que a única maneira de conseguir guardar dinheiro e realizar sonhos como a casa própria, trocar de carro, ou aquela viagem para Fernando de Noronha é gastar menos do que ganha. Essa matemática fica difícil quando o orçamento é apertado. Nesses casos, a solução pode estar em uma renda extra em casa.

Existem várias maneiras de conseguir incrementar o orçamento no fim do mês. Há diversas atividades que podem ser conciliadas com seu trabalho e podem te render um dinheiro a mais para realizar planos mais ousados. Em alguns casos, essa segunda atividade pode ser até prazerosa!

Neste post, vou te apresentar algumas alternativas de atividades que você pode começar para garantir uma renda extra em casa. Aproveite!

A importância da disciplina para ter uma renda extra em casa

Antes de irmos às dicas, precisamos deixar clara uma coisa: conseguir uma renda extra em casa pode até ser prazeroso, mas não é fácil. Vai ser um trabalho, e precisa ser encardo como tal. Mesmo se você estiver fazendo algo que ama.

Muitas vezes, a atividade realizada para conquistar uma renda extra será desenvolvida em casa. Para isso dar certo e o dinheiro aparecer de verdade, você precisará ter bastante disciplina.

renda extra em casa
Há várias formas de conquistar uma renda extra em casa. Com disciplina, você pode incrementar de verdade seu orçamento no fim do mês

O ambiente de casa oferece muitas tentações. A TV com os seus programas preferidos está logo ali ao lado. O computador liberado para vagar horas nas redes sociais também, e o sofá parece te convidar para uma soneca ou para uma relaxada.

Todas essas tentações precisam ser superadas, se você quiser mesmo a sua renda extra em casa. Defina horários de trabalho e respeite-os. Se você tiver apenas duas horas por dia para dedicar à sua atividade extra, tudo bem. Mas seja produtivo durante essas duas horas.

Você também precisa encarar sua atividade extra como um trabalho. Se você decidir que irá vender brigadeiros, não pode “assaltar” a produção toda vez, ou vai acabar comendo seu lucro. Criar renda extra em casa é um desafio por conta disso. Foco e determinação são fundamentais!

Vou te contar uma história para te inspirar nessa trajetória. Tenho um casal de amigos que passou cinco anos guardando dinheiro para morar uma temporada fora do Brasil. Os dois trabalhavam em uma grande empresa. No tempo livre, ela pegava trabalhos freelance de tradução, e ele participava de feiras aos fins de semana para vender os artesanatos que produzia.

Hoje eles moram em Madri, na Espanha, e sobrevivem com o dinheiro que conseguiram juntar ao longo desses cinco anos. Eles tiveram disciplina, se mantiveram fiéis ao seu objetivo, e agora colhem os frutos dessa dedicação. Ser inteligentes com o dinheiro e saberem como ganhar renda extra em casa foi essencial para terem a vida que têm hoje.

25 formas de ganhar uma renda extra em casa no fim do mês

Aposto que você agora ficou muito animado para começar hoje mesmo a fazer mais dinheiro, acertei? Então vamos a algumas ideias!

1 – Alugue sua casa ou parte dela

Se você mora em imóvel próprio, já possui um enorme ativo nas mãos, e pode transformá-lo em uma fonte de renda extra.

Em uma viagem ao Rio Grande do Sul, alguns anos atrás, me hospedei em uma pousada familiar. Eles moravam em uma casa grande, e construíram outras duas suítes independentes e alugavam para turistas. Se você mora em uma cidade turística, essa pode ser uma excelente opção.

Caso não saiba como montar uma pousada, pode se cadastrar em plataformas como o AirBnB. Nela, você pode alugar imóveis ou cômodos por dias – como em um hotel, ou hostel. A plataforma fica com uma porcentagem do preço cobrado pela acomodação mas, em compensação, você tem algumas vantagens, como ser divulgado pela própria plataforma. Vai estar, literalmente, criando renda extra em casa. Na casa. Pela casa!

renda extra AirBnB
A plataforma AirBnB é simples e tem cadastro de imóveis no mundo todo

Se você não se sente muito confortável com a ideia de pessoas diferentes se hospedando na sua casa a cada vez, pode considerar alugar um quarto que esteja vago para um estudante ou trabalhador.

Ou pode considerar, inclusive, mudar-se para um imóvel menor e alugar sua casa. Com o aluguel recebido, você paga a sua própria moradia e ainda consegue uma renda extra.

2 – Transporte de pessoas

Tem carro? Que tal se cadastrar em alguma plataforma de transporte de passageiros, como Uber ou Cabify?

Essas plataformas têm sido cada vez mais procuradas por pessoas que querem fazer uma renda extra. Os motoristas não têm vínculo empregatício, e os ganhos são obtidos com base no número de horas trabalhadas. Ou seja, por mais que tenha que trabalhar fora de casa, a flexibilidade de não ter chefe ou bater cartão pode ser considerada renda extra em casa.

renda extra passageiro espera uber
Cadastrando-se no Uber ou Cabify, você pode começar a pegar os primeiros passageiros e fazer dinheiro

O próprio app possui uma ferramenta que permite calcular uma estimativa de quanto você pode faturar transportando pessoas. Trabalhando duas horas por dia, cinco vezes por semana, a estimativa é uma renda de R$ 974.

3 – Aluguel do seu carro

Nós estamos nos encaminhando cada vez mais para um novo arranjo comercial, social e de consumo. Várias pesquisas já apontam que os jovens de hoje em dia estão dando preferência a ter acesso aos bens do que a possuí-los.

Muita gente quer ter a liberdade que o carro proporciona, mas não quer ter um carro na garagem. Do outro lado, existe gente que possui um carro, mas só o usa aos fins de semana, ou duas horas por dia, para ir ou voltar do trabalho.

A boa notícia é que agora esses dois lados podem se juntar e fazer negócios! Com os avanços da tecnologia e a criação de novos aplicativos e plataformas, hoje é possível compartilhar seu carro – e ganhar uma graninha extra com ele. O carro que antes só te dava gastos passa a ser uma fonte de renda extra em casa.

renda extra alugue seu carro
Quem aluga carros de particulares relata ter um sentimento maior de responsabilidade, o que diminui ainda mais os índices de acidentes grandes e pequenos

Cadastrando-se na plataforma PegCar, você pode alugar seu carro por hora ou por dia. O serviço conta com seguro contra roubo e acidentes, e toda a gestão é feita pela própria plataforma.

Há outras opções. A Olacarro.com e a Parpe oferecem serviços muito parecidos. Tudo o que você precisa é estar com os documentos do veículo em dia e ter disponibilidade para entregar as chaves a quem alugar seu possante.

4 – Dê carona

Economizar é, de certa maneira, uma forma de gerar uma renda extra em casa. Um dos meios para fazer isso acontecer é, por exemplo, diminuir seus gastos com deslocamentos.

Se você vai para o trabalho de carro todos os dias sozinho, por exemplo, está desperdiçando uma ótima oportunidade. Você pode dar carona para colegas de trabalho que morem próximos a você, ou vizinhos que trabalhem na mesma região.

Eles colaboram com seus gastos de combustível, e todo mundo ganha.

Caso não conheça ninguém que faça a mesma rota que você, pode fazer uso mais uma vez da tecnologia. A plataforma Blablacar surgiu com a ideia de facilitar as caronas. O app, que é uma espécie de “Tinder do carro”, une pessoas que têm carro e pessoas que precisam da carona.

renda extra viagem de carro
Dar carona é uma ótima forma de ter uma renda extra, mas também de conhecer pessoas

A plataforma também é muito útil quando você vai fazer uma viagem de carro e não tem companhia. Pelo app, você pode encontrar um companheiro de viagem e ainda dividir os custos. Se você faz um percurso longo cotidianamente – por exemplo, se trabalha e mora em cidades diferentes -, pode otimizar muito o uso do carro com as caronas.

5 – Alugue objetos

Você já alugou o quarto extra da sua casa, já alugou seu carro. Mas tenho certeza que ainda tem um monte de outras coisas que você só usa uma vez por ano e, no resto do tempo, ficam paradas juntando poeira.

Furadeira, sobretudo, máquina de fazer sorvete, aquele freezer horizontal que está parado na garagem, desligado há sabe-se lá quantos meses. Já pensou em colocar tudo isso para alugar também?

Os nativos da sociedade do conhecimento e do acesso à informação não fazem questão nenhuma de possuir bens. Esse é um valor que está se fortalecendo em nossa sociedade e alcançando níveis não imaginados 20 anos atrás. Ótima oportunidade para quem precisa e quer fazer uma renda extra em casa.

Pensando na sustentabilidade, em levar uma vida mais leve, e também nos custos, muita gente está preferindo pedir emprestado ou alugar itens que não usa frequentemente. E a tecnologia está aí para ajudar nessa dinâmica, mais uma vez.

Na plataforma Rent For All, você pode encontrar praticamente qualquer coisa para aluguel. E também pode disponibilizar para o aluguel praticamente qualquer coisa, de sala para reunião a betoneira. A  plataforma Alooga também oferece a possibilidade de particulares colocarem itens variados para locação.

renda extra alugue furadeira
Aquela furadeira que você só usa de vez em quando pode se transformar em uma renda extra no restante do tempo

Se seu guarda roupas está cheio de peças que você quase não usa, também pode disponibilizá-las para aluguel. A plataforma Armário Compartilhado (por enquanto, disponível só para os moradores de Belo Horizonte, Minas Gerais), permite o cadastro de roupas para aluguel.

6 – Ganhe com encomendas de viagem

Todo mundo que já viajou para o exterior já passou por isto: basta dizer que está saindo do Brasil, para começarem a aparecer os pedidos de trazer uma coisa ou outra. As pessoas costumam “encomendar” eletrônicos, perfumes, maquiagens, gadgets e quinquilharias variadas que não encontram no Brasil.

Essa pode ser uma forma bem divertida de ganhar um dinheiro extra, pois você pode começar a cobrar uma porcentagem sobre as encomendas. Você terá que gastar um tempo da sua viagem para ir até a loja, procurar o produto, possivelmente enfrentar filas para pagar, se preocupar com o embrulho para levar para a pessoa. É justo ser remunerado por isso.

Se você gosta de fazer compras, essa forma de renda extra pode unir o útil ao agradável. Você poderá gastar centenas de dólares (ou euros) em outlets, irá aproveitar as endorfinas que as compras proporcionam, e não terá problemas com sua conta bancária. Ao contrário, ela ainda vai te agradecer!

renda extra encomendas de viagem
Traga encomendas de viagem cobrando uma porcentagem sobre o custo do produto

Avise antes aos seus amigos que está com viagem marcada e coloque-se à disposição para pegar as encomendas. Deixe claro que irá cobrar por isso, e informe a porcentagem que você deseja. Essa transparência é muito importante, porque você está querendo fazer uma renda extra, e não passar os outros para trás.

Comparação de preços

Em muitos casos, a diferença de preço dos produtos é tão grande, que ainda vai valer a pena a pessoa pagar a conversão da moeda e sua comissão. Só para dar um exemplo, um iPhone SE custa hoje, na loja oficial da Apple brasileira, R$ 2.499,00.

O mesmo aparelho na loja norte-americana sai a US$ 399. Calculando o dólar a R$ 3,50, o preço dele sai a R$ 1.396,50. Com uma comissão de 30% sobre esse valor, o aparelho sai ao preço total de R$ 1.815,00. Ainda muito mais barato do que o preço na loja oficial no Brasil.

Mas você não precisa pegar encomendas de alto valor, como um smartphone. Você pode comparar coisinhas menores típicas do país para onde você viajou e revender por um preço um pouco mais alto. Lenços, materiais de papelaria, pequenos objetos de arte e decoração podem ter uma demanda interessante.

Se nenhum dos seus amigos, parentes ou conhecidos tiver encomendas de viagem, você pode se cadastrar na plataforma Cabe na Mala. Por ela, você “aluga” um espaço na sua mala e pede uma recompensa por trazer a encomenda.

Trazer um perfume importado pode render uma recompensa de R$ 30. Já um smartphone pode ser recompensado com R$ 300.

Só tome cuidado com os limites de compras por pessoa em viagens. Legalmente, cada passageiro pode trazer para o Brasil o equivalente a US$ 500 em compras. O que ultrapassar esse valor deverá ser declarado e pagar os impostos de importação. Mas alguns itens, como livros e objetos de consumo e uso pessoal estão isentos. Olhe com cuidado a legislação antes de ir para não ter problemas.

7 – Alugue sua bicicleta ou prancha

Alguns esportes são sazonais. Dependem das condições climáticas ideais, além da disponibilidade para para praticá-los. Surfe, esqui e snowboard são alguns exemplos.

Ainda na onda de alugar coisas que você não usa com tanta frequência, estão prancha de surfe e equipamentos para a neve. Se você mora em uma cidade litorânea e possui uma prancha, pode alugá-la para alunos de alguma escola de surf, ou para pessoas que ainda estão testando para ver se vão mesmo gostar do esporte.

renda extra surfe
A prancha de surfe que você quase nunca usa pode ganhar vida nas mãos de alguém e virar renda extra para você

Vale o mesmo para os equipamentos para a neve. Alugar esquis e botas nas estações pode sair muito caro. Em alguns casos, pode valer mais a pena levar seu equipamento no avião. Por outro lado, se a pessoa não é um praticante tão assíduo assim de esportes de inverno, vale muito mais a pena alugar do que comprar esses equipamentos.

E você pode ser a peça que falta nesse quebra-cabeças. Alugue seus equipamentos para neve e dê uma vida útil para eles, além de ainda fazer uma renda extra. Você pode fazer o mesmo com aquela bicicleta que só usa aos fins de semana.

O Spinlister é um site de aluguéis especificamente de bikes e outros equipamentos esportivos. Basta você cadastrar seu equipamento no site, com informações e fotos. Esse anúncio será analisado pela equipe da plataforma. Depois de aprovado, você receberá notificações de reserva do seu equipamento, e poderá entrar em contato direto com o usuário para negociar.

O pagamento é realizado depois do término da reserva. Em caso de roubo ou danos, a plataforma reembolsa até US$ 10.000 no caso de bicicletas e US$ 2.000 para pranchas. Os esquis e snowboards têm reembolso de até US$ 1.000.

8 – Seja um goleiro

Quem já jogou uma pelada com os amigos sabe: o mais difícil de arrumar é sempre o goleiro. Alguns grupos de amigos até isentam os goleiros de entrar na vaquinha do aluguel da quadra ou do campo. Mas tem grupos que têm tanta vontade de jogar e tanta escassez de goleiros, que acabam pagando para alguém ocupar a posição ingrata.

Se você curte jogar uma bola, pode juntar seu hobby à vontade de fazer uma renda extra. No aplicativo Goleiro de Aluguel, é possível oferecer seus serviços de goleiro para grupos amadores que queiram bater uma bola. Ou seja, você cria uma fonte de renda extra em casa e sai para jogar futebol e se divertir!

9 – Cuide de um cão

Encontrar alguém para cuidar do animal de estimação quando se vai viajar é uma das coisas mais difíceis para quem tem um cão. Muitas cidades não têm hoteizinhos, ou estes são muito caros e inacessíveis.

Se você é um amante de cães, pode oferecer seus serviços como cuidador para donos cuidadosos. Muita gente fica, com razão, preocupada que seus animais fiquem tristes e deprimidos, sozinhos em casa.

Nos últimos anos, têm surgido plataformas que são como “AirBnB para cachorros”. Você cadastra seu espaço no site, coloca as informações detalhadas de como é o espaço, se você tem seus próprios animais em casa, quantos animais pode hospedar por vez e posta fotos. Os donos de cães analisam os perfis e escolhem o cuidador mais apropriado para seu cão.

renda extra petsitter
Muitas pessoas querem viajar tranquilas, sabendo que seus melhores amigos estarão em boas mãos. Ganhe uma renda extra fornecendo essa tranquilidade

Muita gente escolhe pela proximidade com o próprio endereço. Outros, pelo fato de o anfitrião já possuir outros animais para fazer companhia para o cãozinho e outros critérios variados.O mais importante é que você estará oferecendo a oportunidade de aquela pessoa viajar tranquila, sabendo que seu animal de estimação estará sendo bem cuidado.

Nessas plataformas, você determina seu preço por diária e se tem disponibilidade para se adaptar a rotinas como dar medicação ao cão, ou cumprir sua rotina de passeios diários. O site fica com uma porcentagem pela administração do serviço. Depois da hospedagem, o dono do cão faz a avaliação de como foi a experiência.

Se você gosta mesmo de cães, essa tarefa será um prazer, além de uma fonte de renda extra. Se você não tem disponibilidade para hospedar cães em sua casa, pode se cadastrar nas plataformas para passear com os peludos.

No Brasil, a DogHero e a Pet Anjo são as empresas que operam. Em alguns países do exterior, você pode se cadastrar também na DogBuddy e outros sites.

10 – Alugue sua garagem

Se você leu este texto até aqui, já percebeu que alugar suas coisas pode ser uma excelente saída para ter uma renda extra. Mas ainda tenho mais uma sugestão de ativo que você pode transformar em dinheiro: sua vaga de garagem.

Lugar para estacionar o carro é um dos maiores problemas do trânsito de todas as grandes cidades do país. As pessoas vão trabalhar e não têm muitas opções de onde estacionar. Alguns estacionamentos chegam a cobrar cifras astronômicas.

Para quem mora próximo a algum lugar movimentado, como estádio de futebol, casa de show, ou área comercial, alugar a vaga extra da garagem pode ser uma ótima ideia. Mais uma vez, os apps ajudam na tarefa: Ezpark e Parkingaki permitem as pessoas a reservarem sua vaga.

11 – Faça um aplicativo

Os aplicativos vieram para ficar. Dentro do seu bolso, eles te informam sobre a previsão do tempo, qual a melhor rota para ir de um lugar para o outro, te colocam em contato com os amigos nas redes sociais.

Hoje em dia, existe aplicativo para tudo. Ou quase tudo. E para o que ainda não existe, você pode criar você mesmo.

Criar um aplicativo pode parecer uma tarefa muito complicada, coisa para especialistas. É claro que a tarefa fica muito mais fácil se você tiver conhecimentos de programação. Mas, se não tiver, é possível aprender a programar um app e colocá-lo à venda nas lojas da Google e da Apple.

renda extra desenvolvimento de apps
Muitas empresas precisam de aplicativos desenvolvidos com exclusividade

A própria Apple e a Google oferecem cursos gratuitos de programação para você começar a ganhar dinheiro com apps.

12 – Descubra bugs

Se você é bom em informática e sempre percebe os erros nos programas, pode transformar esse seu talento em dinheiro. Muitas empresas de elaboração de software pagam os chamados “bug hunters” (ou “caçadores de defeitos”) para descobrirem falhas em seus programas.

No ano passado, o governo dos Estados Unidos abriu um programa de caça aos erros em seus softwares. A recompensa para quem conseguisse encontrar falhas em seus programas do Departamento de Segurança antes dos hackers era de US$ 150 mil.

A Microsoft também possui um programa similar, e tem o teto de US$ 100 mil de recompensa para quem encontrar falhas em seus softwares.

13 – Faça testes em aplicativos e sites

Você se lembra do clássico da Sessão da Tarde “Quero Ser Grande“?

Se não se lembra, vou dar uma forcinha para a sua memória. Depois de fazer um pedido em uma máquina de desejos em um parque de diversões, Josh Basking (Tom Hanks), um menino de 12 anos, cresce e, de repente, está com 30 anos.

Em sua nova vida de adulto, ele arruma um emprego na empresa de brinquedos MacMillan Toy Company. Seu trabalho, o dreamjob de qualquer menino de 12 anos, era testar todos os brinquedos que a empresa estava para lançar.

Talvez o equivalente disso no século XXI para adultos de verdade seja ganhar dinheiro para testar sites e aplicativos. Pois saiba que esse trabalho existe!

Existem sites que pagam os usuários para avaliarem os produtos e testarem sua usabilidade. Um exemplo é  o Testa Isso.

Ele reúne empresas que pagam para que um cliente oculto virtual descubra quais são as principais barreiras que os clientes enfrentam para finalizar uma compra em um determinado site. Não é preciso ter experiência em programação para avaliar os sites.

Os únicos requisitos para participar são possuir um computador com internet banda larga e microfone, idade mínima de 16 anos e ser capaz de gravar a tela do computador e áudios de voz.

14 – Guia turístico

Foi-se o tempo em que as pessoas visitavam cidades diferentes só para conhecer os principais pontos turísticos e tirar fotos para mostrar para a família depois.

Hoje em dia, existem vários perfis de viajantes. E um deles são os que querem conhecer o destino pelos olhos de um local. Se você conhece bem a cidade onde mora, sabe de lugares legais e pouco explorados turisticamente, você pode transformar esse conhecimento em dinheiro.

Mas também é possível se “alugar” como amigo para mostrar a cidade para alguém que vem de fora e preparar um roteiro específico para as expectativas dessa pessoa. O Rent a Local Friend é uma plataforma que tem esse propósito. WithLocals é outra opção onde se cadastrar para oferecer seus serviços de guia turístico.

renda extra roteiros personalizados
Muita gente quer conhecer seu destino de férias pelos olhos de um local. Seja esse amigo local e monte roteiros personalizados

Além disso, você pode oferecer visitas guiadas “de graça”, cobrando apenas uma gorjeta ao final. Os chamados “free walking tours” são muito comuns em cidades cosmopolitas como Amsterdã, Madri, Paris, Nova York. Menos comuns no Brasil, eles já podem ser feitos no Rio de Janeiro, Salvador e algumas outras cidades.

15 – Cozinhe para turistas

Recentemente, o AirBnB expandiu sua atuação para oferecer também experiências. No AirBnB Experiences, você pode oferecer um passeio bacana, um jantar típico preparado por você em sua casa, uma excursão a um lugar que você conhece muito bem. Vale qualquer coisa que ofereça uma experiência bacana a um viajante.

A culinária local é uma porta para a cultura de qualquer lugar. Por isso, uma experiência bacana que você pode oferecer é uma refeição para turistas. Eles vão ficar felizes por estar provando a autêntica comida brasileira caseira, e você ainda vai conhecer pessoas de todas as partes do mundo.

renda extra feijoada
Prepare um jantar para turistas e apresente uma parte da sua cultura para pessoas de todo o mundo

16 – Listas de músicas sob encomenda

A música é a alma de toda festa. Mas, muitas vezes, não dá para contratar uma banda ou um DJ para animar o aniversário ou o almoço de Dia das Mães. Você já pensou em oferecer uma solução mais em conta para isso e ainda fazer uma grana extra?

Se você gosta de música e conhece muitos ritmos, artistas e estilos, pode fazer listas de músicas personalizadas para ocasiões especiais e eventos. Você tanto pode montar essas listas no Spotify e conceder o acesso a quem encomendou, ou colocar as faixas em pendrives e entregar ao cliente.

17- Organize algumas festas

Quem tem o dom de organizar as melhores festas e vive dando uma mão para os amigos e familiares na hora de planejar aquele super aniversário pode cobrar para fazer isso.

Nem todo mundo tem tempo ou talento para tomar todas as providências para arrumar aquela festa que vai ficar na memória. Providenciar o lugar, decorar, encomendar comidas e bebidas, bolo, fazer e enviar convites – tudo isso dá um trabalhão! Se você é desses que se diverte fazendo tudo isso, pode se dar bem.

renda extra planejamento de festas
Planejar festas é muito divertido, mas é um trabalho para o qual muita gente não tem tempo. Divirta-se e consiga uma renda extra oferecendo esse serviço

18 – Venda produtos manuais

Lembra dos meus amigos que citei no início deste post? Parte do dinheiro que eles conseguiram para viver um ano em Madri foi fazendo peças de cerâmica e vendendo em feiras de artesanato.

Hoje em dia, com o movimento Slow Life, produtos feitos à mão têm sido cada vez mais valorizados. Crochê, porcelanas, acessórios femininos, produtos de perfumaria, terrários, caixas organizadoras são exemplos de produtos que você pode fazer e vender.

renda extra terrário
Terrários com suculentas estão na moda e podem ser um ótimo produto para você fazer uma renda extra

Se você tem algum talento para manualidades, leve-o a sério. Você pode encontrar aí uma importante fonte de renda.

19 – Responda pesquisas

Saber o que o cliente quer é a pergunta de um milhão de dólares de qualquer empresa. Para tentar se aproximar dessa resposta, elas fazem pesquisas de mercado. E precisam de pessoas que as respondam, claro.

Normalmente, essa modalidade de trabalho online remunera bem pouco. Mas, por outro lado, o esforço e tempo exigido para cada tarefa também é pouco. Isso significa que você poderá responder a várias pesquisas sem precisar se dedicar muito para isso.

Não é o tipo de trabalho que vai te deixar rico. Mas uma renda extra, que é o que estamos buscando, você vai conseguir.

Alguns sites onde você pode começar são:

20 – Compre produtos importados e revenda

Existem duas maneiras de trabalhar com revenda de produtos importados. A primeira delas é ir até os Estados Unidos, que costuma ter preços mais atrativos em praticamente todos os produtos, e voltar com a mala cheia de itens que poderão ser revendidos no Brasil.

Se for optar por essa modalidade, mais uma vez, cuidado com os limites de compras no exterior. Se você extrapolar a cota de US$ 500 em compras por pessoa, não declarar o excedente e for selecionado para inspeção, terá que pagar o imposto referente ao excedente e mais uma multa de 50%.

O outro jeito de ter uma renda extra com produtos importados é comprando pela internet e revendendo no Brasil. Em sites como Amazon, Ebay e Romwe, é possível comprar itens variados por preços muito inferiores aos encontrados no Brasil.

Essa modalidade irá exigir cuidado e pesquisa. Analise bem quais são os melhores fornecedores e faça testes com compras de pequenos valores antes de investir alto. Além disso, pesquise a melhor forma de comprar para não ter que pagar altos impostos de importação.

Já escrevi aqui no blog um post contando tudo sobre como ganhar dinheiro com a revenda de produtos. Vale a pena conferir o material.

21 – Faça Ebooks

Você conhece algum assunto a fundo? Por exemplo, fez uma viagem de um mês a algum lugar muito legal e descobriu diversas dicas boas para quem for visitar esse destino.

Gosta de escrever e tem um bom português? Então escreva um e-book sobre esse assunto que você domina e ganhe dinheiro vendendo-o.

renda extra venda de ebooks
Sabendo ou não escrever, é possível ganhar uma renda extra com e-books

Mas, se você não tem muita aptidão para escrever, ainda assim dá para ganhar dinheiro com livros digitais. Existe, no mercado, os chamados PLR (Private Label Rights). São e-books cujos direitos você pode comprar livremente.

Normalmente, são escritos por ghostwriters (escritores-fantasma, que não assinam o conteúdo publicado). Algumas licenças têm uso bem amplo e incluem o direito de comercialização. Aí, tudo que você precisa fazer é montar uma plataforma de vendas (ou usar alguma já pronta) e divulgar o seu material.

22 – Seja Freelancer

Antigamente, nossas avós chamavam isso de “bico”. Hoje em dia, nós adotamos o nome chique em inglês. Mas, no fundo, é a mesma coisa: um trabalho ocasional, sem vínculo empregatício. Ótimo para quem quer ter uma renda extra.

Conheço um rapaz que é auxiliar de escritório durante o dia. Depois do expediente, ele lava carros para levantar mais um dinheiro. Ele vai ao prédio onde eu moro e lava uma média de três carros a cada visita. Também vai a outros edifícios, onde faz a mesma coisa.

Se você possui uma segunda profissão ou sabe algum ofício, ofereça seus serviços e pegue uns “frilas”. Garçom, cozinheiro, barista, bartender, animador de festa, DJ, tradutor. Há uma infinidade de campos em que os trabalhos freelancers são bem vindos.

23 – Faça palestras

Quem possui bastante conhecimento sobre um assunto ou já passou por uma experiência de vida muito interessante pode conseguir uma renda extra em casa contando sua história. Sem precisar vínculo empregatício com ninguém.

Sim, isso mesmo. Você pode ser pago para dar palestras sobre um assunto que você domine, ou uma experiência que valha a pena ser compartilhada. Está em casa, recebendo convites, analisando as oportunidades e só sai para compartilhar o seu conhecimento.

Com o tempo, você vai passar a ser procurado por empresas para passar seu conhecimento. Mas, para começar, uma boa possibilidade pode ser se cadastrar em alguma plataforma de divulgação de palestrantes.

renda extra em casa
Dê palestras sobre um assunto que você conhece muito e espalhe seu conhecimento por aí. Renda extra em casa com o que você sabe!

A empresa Ata Palestras é especializada nisso. Você se cadastra e passa a fazer parte de um time que conta com nomes como Adélia Prado, Amyr Klink e o médico Dráuzio Varella. Em troca da divulgação, a empresa fica com uma porcentagem do valor cobrado por palestra.

Excelente forma de gerar renda extra em casa. A partir de casa, você expande seu conhecimento e seu nome para o mundo.

24 – Seja um consultor

Você não precisa ter 30 anos de carreira para se tornar um consultor em sua área e com isso ganhar uma renda extra em casa. Se você tem bastante experiência sobre um assunto e conhece bem aquele mercado, já pode oferecer esse tipo de serviços.

A melhor maneira para começar é ter um case de sucesso. Mesmo que seja o seu próprio. Divulgue esse case para um público parecido com o do seu projeto. Aos poucos, vá incrementando seu portifolio.

O Sebrae tem publicado um guia sobre como montar um escritório de consultoria. Vale a pena dar uma olhada, principalmente nas dicas sobre mercado.

A maioria das pessoas é qualificada para gerar renda extra em casa, mas têm algum tipo de medo que as impede. Qual é o seu medo?

25 – Renda extra com Dropshipping

Dropshipping é uma técnica de logística que te permite vender produtos sem precisar manter o estoque.

O funcionamento é relativamente simples: você monta sua loja online e a colocar no ar com os produtos que vai vender. Quando o cliente faz uma compra, você pede o mesmo item ao fornecedor e manda entregar diretamente para o cliente.

Seu trabalho é, portanto, fazer o intermédio entre as duas pontas do processo. Você gera renda extra em casa sem precisar de investimentos para criar uma loja.

gerar renda extra em casa.
Em vez de ter um estoque enorme em casa, você só precisará fazer o intermédio entre o cliente final e o fabricante dos produtos à venda. Excelente maneira de gerar renda extra em casa.

Você só precisará ficar atento ao prazo de entrega. Como as mercadorias que vêm de fora do Brasil costumam demorar meses para chegar aos destinos finais, deixe isso bem claro para o seu consumidor. Senão, ele pode se sentir enrolado.

Conclusão – É realmente possível conquistar uma renda extra em casa?

Todas as ideias que listei neste post já foram testadas e aprovadas, senão por mim, por pessoas que eu conheço. E todas elas podem, de fato, te trazer um incremento no orçamento ao fim de cada mês.

As ideias trazidas aqui atendem pessoas de perfis muito diferentes. A única coisa que elas possuem em comum é o fato de terem que ser levadas bastante a sério. Não é por se tratar de um trabalho secundário que você poderá encará-lo com menos seriedade. Para chegar no nível de transformar a renda extra em casa em recorrente e maior fonte de renda, você precisa se dedicar. Mesmo que por pouco tempo por dia ou semana. Dedique-se!

renda extra em casa
Seja criativo, trabalhe duro e comece a aproveitar sua renda extra em casa começando a entrar em sua conta

Mas você não precisa se prender a uma só dessas atividades. Por mais que todas elas demandem trabalho duro, nenhuma requer exclusividade. Você pode montar playlists e organizar festas, por exemplo. Ou pode fazer trabalhos freelance como barista e dar consultorias sobre atendimento ao cliente.

O importante é você organizar seu tempo para dar conta de tudo. Não tentar abraçar o mundo também é fundamental para você não furar com seus clientes e deixá-los na mão – frustrando suas expectativas e depondo muito contra você mesmo.

Além do dinheiro em si que você irá ganhar com essa atividade extra, você ainda pode investi-lo e fazer seu dinheiro trabalhar para você. Trace seu objetivo, coloque um prazo e vá otimizando seus ganhos para chegar lá. Você consegue!

Ficou convencido de que pode começar a gerar uma renda extra em casa hoje mesmo? Então escolha a opção mais apropriada para o seu perfil e mãos à obra!

Aqui no Blog Como Ganhar Dinheiro de Casa eu abordo muitos temas diferentes como opções para você aumentar a sua renda, aprender novas habilidades e, claro, para trabalhar em casa.

Se você quiser aprender como eu ganho dinheiro na internet e Começar Um Negócio na Internet, ensino tudo no curso Trabalho Internet. Quando eu falo tudo, é tudo mesmo. Você vai saber exatamente o que fazer sem ficar perdido tentando encontrar um nicho ou o assunto para abordar em um blog.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *