O que fazer para vender em casa – ideias de comida

o-que-fazer-para-vender-comida
O que fazer para vender em casa – ideias de comida
Esse texto te ajudou?

Você sabia que a sua cozinha pode se tornar uma fonte de renda extra? Faça e venda esses produtos!

Introdução – Como funciona o mercado de alimentos artesanais

Perguntando-se o que fazer para vender em casa, o Luiz começou a fazer brownies em casa e criou um negócio simples, mas que hoje fatura cerca de R$ 3,5 milhões de reais ao ano: o ‘Brownie do Luiz’. Ele já é uma empresa com 30 funcionários.

o que fazer para vender brownie

Essa é a prova real que você também pode descobrir o que fazer em casa e chegar ao seu primeiro milhão de reais. Seja comida, doce, salgadinhos, descobrir o que fazer em casa pode ser a grande virada na sua vida.

No entanto, não será fácil crescer. É simples, mas poucos conseguem. Você terá que desafiar a si mesmo todos os dias, provando que o seu de hoje é melhor e mais forte que o de ontem. Todos os dias.

Caso cozinhar e/ou confeitar não seja a sua praia, confira outras ideias de negócio do blog:

  1. Saia do emprego – Guia de ideias para trabalhar por conta própria
  2. 10 ideias criativas de como ganhar dinheiro em casa
  3. Como ganhar dinheiro como freelancer – Guia Completo

Você sabia que o setor de alimentação é um dos poucos que não sofreram com a crise? Veja os números do food service, a alimentação fora do lar:

  • Crescimento constante (apenas em 2016 foi de 7,1%)
  • Faturamento de R$ 60 bilhões em 2016
  • Geração de 220 mil empregos
  • Expectativa de faturar R$ 230 bilhões em 2019

Todos os dados são da IFB, Instituto Foodservice do Brasil.

Vamos aproveitar essa onda? Neste texto, você descobrirá ótimas ideias de alimentos artesanais para você se aventurar no mundo do empreendedorismo. Também passarei dicas de marketing, administração e negócios para que a sua iniciativa seja como uma estrela brilhante, impossível de passar despercebida.

Boa leitura!


O que fazer para vender em casa então?

o-que-fazer-para-vender-comida

Ficou inspirado com o caso de sucesso do Brownie do Luiz? Chegou a sua hora. E espero que você já tenha alguma habilidade na cozinha, se não for o caso, desenvolva seu conhecimento culinário com canais de culinária do YouTube.

Resta descobrir o que fazer para vender (ou se quiser saber tudo o que precisa para abrir um restaurante) . Essa questão precisa ser respondida com o tipo de culinária que você tem mais afinidade. Se é adepto ao veganismo ou aos hambúrgueres, ou então sempre amou fazer doces. Depende de você.

Enfim, o que fazer para vender dependerá do tipo de culinária que prefere. Pode parecer piegas, mas tudo que é produzido com amor, tem um valor especial. Acredito que esse carinho é o que fará com que você atente-se para cada detalhe do seu produto.

Ideias de doces para fazer e vender

o-fazer-para-vender-doces

Sorvete artesanal

Já se foi o tempo em que o sorvete era consumido apenas no verão. Hoje, ele é considerado uma sobremesa para qualquer estação. Pode ser que regiões como a serra o sul do país sejam realmente frias, mas com a técnica de venda certa, com certeza você conseguirá vender. Afinal, essa é uma das sobremesas mais gostosas.

O sorvete artesanal pode ganhar do industrial por ser mais cremoso e incluir um volume maior de ingredientes que conquistam os clientes, como frutas de verdade em pedaços, chocolate extra e sabores diferenciados.

Veja o vídeo de um caso de sucesso:

Sobremesa no pote

Muitas pessoas estão ganhando dinheiro com a famosa sobremesa no porte. Existem diversas receitas de sobremesa no pote, mas o sucesso dessa ideia de negócio consiste em escolher receitas que rendam bastante, para produzir muitos potes e ganhar dinheiro no volume de vendas.

Claro, sem nunca abrir mão da qualidade do seu produto. O que fazer para vender fica em segundo lugar inclusive. Leve em consideração a qualidade da sua produção. Isso é o mais importante e é o que garantirá o seu sucesso.

Veja esse vídeo com um passo a passo de sobremesa no pote:

Ideias de comida saudável para fazer e vender

o-que-faze-salada-pote

Comida orgânica de microondas

O Brasil é 5º maior mercado de comida e bebida saudável do mundo. O volume de vendas, apenas em 2015, foi de US$27,5 bilhões. Enquanto o resto do mundo cresce 8% ao ano nesse setor, nosso mercado dá saltos anuais de 20%.

Uma ótima ideia para entrar nesse negócio é investir na produção de marmitas ou alimentos congelados como lasanhas e massas pré-pronto que podem ser apenas descongelados e consumidos. É possível atingir os profissionais que almoçam no trabalho e não querem descuidar da dieta ou até mesmo os lares que estão entrando em dieta.

Pode ser um pouco complicado fazer comida congelada que possua um bom sabor. Então veja o vídeo e pratique bastante:

Salada no pote

E falando em dieta, o Brasil pode se tornar o país mais gordo do mundo, segundo pesquisa divulgada pelo Ministério da Saúde. Essa não é apenas uma preocupação do Governo, mas também das pessoas que sentem-se mal por ter alguns quilinhos a mais.

Claro que existem muitas desculpas na hora de emagrecer. A maior de todas é a falta de tempo para se preocupar com dieta. E se alguém vendesse porções de comida em pote como saladas? Essa é uma ideia de negócio que pode fazer a diferença no seu bolso e na saúde de muitas pessoas.

É uma ideia bastante simples de produzir. Veja no vídeo:

Obs.: Uma ótima dica é ir à Ceasa e feiras semanalmente buscando alimentos fescos e orgânicos. Isso garantirá uma qualidade ótima ao seu negócio.

Ideias de comida de nicho para fazer e vender

o-que-fazer-para-vender-churrasco

Churrasco gaúcho para levar

Saindo da dieta e entrando no mundo da comida típica, existe um ramo de negócio muito conhecido no Rio Grande do Sul. São as churrascarias que não têm mesas. Eles entregam o churrasco como delivery. É uma ótima ideia de negócio, principalmente em estados que o churrasco padrão não é assim.

Conhece a lei da oferta e procura? Provavelmente a oferta de churrasco gaúcho fora do Rio Grande do Sul seja pequena. Eis aí uma ótima e simples oportunidade de negócio. Veja como assar um bom churrasco no vídeo a seguir.

Marmita de Comida vegana

Outro nicho de comida mais recente é a culinária vegana. Se você não conhece esse modo de vida, o vegano não come nada de origem animal. Ele é completamente contra todos os abusos aos animais. Isso inclui o consumo de ingredientes de origem animal como ovos e leite, além da carne.

Esse mercado é subatendido, afinal, o mundo é baseado no consumo da carne e nem todos os restaurantes possuem opções veganas, muito menos opções de marmita vegana. Aqui está então mais uma boa oportunidade de negócio.

Você sabia que as pequenas empresas de produtos veganos crescem 40% ao ano? Esse é um número impressionante.

Ideias de salgados para fazer em vender

o-que-fazer-para-vender-pao

Fatia de Pizza Avulsa congelada

Muito comum fora do Brasil, a fatia de pizza avulsa é exatamente como uma pizza grande. Só que é vendida de forma fracionada. Quem nunca teve vontade de comer uma pizza, mas não queria pagar R$ 50 em uma tele-entrega de pizza inteira? Produzir pizzas artesanais e congelar fatias pequenas para vender é uma ideia muito boa. O sabor de uma pizza e a possibilidade de comer uma fatia por um pequeno valor é tentador.

Pão artesanal

O pão é um dos alimentos mais antigos do mundo e com certeza é uma ótima ideia de o que fazer para vender em casa. Pode parecer complicado, mas qualquer pessoa com um forno e paciência pode virar um padeiro artesanal.

Veja o vídeo e saiba como fazer um pão de fermentação natural:


A gourmetização é tendência e oportunidade

gourmetizacao-chef

Você deve ter percebido o termo ‘gourmetização‘ ganhou força com programas como o Master Chef e o próprio mercado buscando inovação. Isso significa que as pessoas dão audiência e compram mais quando algo é ‘gourmetizado’. Há quem brinque com o termo:

raio-gourmetizador

Mas todo valor que você agregar no seu alimento artesanal, com certeza facilitará a venda dele. O que fazer para vender se torna uma questão fácil quando é possível visualizar a gourmetização do produto. Então nem pense em produzir algo comum, que é vendido no mercado por indústrias gigantes. Para entrar na onda invista nestas coisas:

Ingredientes e processos de qualidade

No ramo de alimentos artesanais, quem não tiver qualidade em seus produtos não resistirá ao mercado. Busque a inovação, substituindo ingredientes, garimpando novos sabores e criando receitas próprias. Tudo isso trará novidade e manterá o seu negócio aquecido.

Embalagem criativa e produto bonito

As pessoas comem com os olhos. Isso é fato. A sua comida pode ser a mais saborosa do mundo, se ela não for bonita ou não estiver em uma embalagem incrível, acredite, o seu sucesso estará comprometido. Isso não significa que você precisa abarrotar o rótulo de elementos, às vezes a simplicidade pode fazer a diferença. No design, menos é sempre mais.

Comunicação direta e honesta

O consumidor não gosta apenas de comer bem, ele quer e deve ser bem atendido. Em pequenos negócios, essa relação pode ser estreitada. Isso não gera apenas novos clientes, mas faz com que você consiga fidelizar os seus consumidores. Pense nisso, é muito mais barato reter do que atrair clientes.

Então, sorriso no rosto e amor no coração. O seu atendimento deve ser igual ao seu produto, cinco estrelas. Fazendo isso, você garantirá ótimas avaliações que trarão novos e famintos clientes.

Limpeza e higienização

Não existe sensação pior do que comer uma comida que não parece ter sido feita em boas condições de limpeza. Mas como as pessoas saberão como você faz a comida? Você pode perguntar. Bom, existe a pior forma possível: alguém denunciar você e os agentes de saúde pública baterem na sua porta.

E a outra forma é as pessoas notarem pelo seu jeito. Isso mesmo. Como você se veste, a limpeza de suas mãos, roupas e até o seu cheiro passam um recado claro. Não é por menos que alguns estabelecimentos definem que os seus atendentes devem usar avental. Às vezes nem é para evitar a sujeira na roupa, mas sim para passar a ideia de limpeza e cuidado.


Como criar uma marca de alimentos e divulgar

como-criar-marca-alimentos

Você realmente tem sorte. Escolha o que fazer para vender e crie uma marca. Hoje em dia, não é preciso investir muito dinheiro para começar uma marca. Basta ter uma boa internet e algum tempo livre divulgando. As redes sociais igualaram a briga entre microempreendedores e grandes empresas.

  1. Crie um logotipo e uma identidade visual
  2. A partir dele, produza sua embalagem
  3. Crie uma página no Facebook, YouTube, Instagram e Whatsapp
  4. Publique frequentemente nesses espaços
  5. Faça ações na rua de experimentação gratuita do seu produto
  6. Feche parcerias com blogs ou empresas

Ela largou um emprego no Google para começar a vender pão na internet

o-que-faz-para-vender-pao-google
Beth Viveiros trabalhou mais de 20 anos como engenheira na gigante Google.

Algumas pessoas têm uma conexão forte com o alimento. Não é à toa que muitos profissionais estão se tornando chefs. Eles descobriram que é possível viver do que ama. Esse foi o caso da Beth que em 2013 saiu do seu emprego no Google para abrir uma padaria, a Beth Bakery.

Claro que ela inovou apostando no sistema digital de assinatura. É como se ela tivesse o Netflix das padarias. Você tem um valor debitado mensalmente em sua fatura e em troca disso recebe pães fresquinhos em casa toda semana. Demais, não?

Conheça mais dessa história.


Conclusão sobre o que fazer para vender em casa

o-que-fazer-para-vender-hamburguer

O que torna um alimento artesanal incrível não é o seu preço. Afinal, ele normalmente custa mais caro, já que não é feito em uma linha de produção industrial que permite um custo muito inferior à artesanal. Então, o segredo sobre o que fazer para vender não está em escolher algo baratíssimo.

Afinal, o que é barato é comum. E o que é comum possui uma barreira de entrada para novos empreendedores muito pequena. Foque-em descobrir o que fazer para vender com inovação e qualidade.

Leia outros artigos do blog sobre como ganhar dinheiro:

  1. Trabalho em casa – 10 ideias de negócios simples e lucrativas
  2. Guia completo com 14 ideias lucrativas de renda extra

Quando algo possui uma qualidade altíssima e um certo grau de inovação, seja na marca ou na forma de vender, automaticamente esse produto ganha vantagem competitiva. Isso significa sucesso. Então, compre sempre ingredientes de ótimas marcas e faça produtos que, mesmo custando caro, sejam marcantes ao paladar da sua clientela.

Você pode pensar que as pessoas não compram coisas caras para comer, mas o ser humano não é tão racional assim. Principalmente no que diz respeito à comida. Ele quer produtos saborosos, bonitos e diferentes.

Espero que esse texto tenha sido útil para você. Deixe o seu elogio, crítica ou sugestão nos comentários abaixo para que eu possa continuar melhorando o conteúdo do blog.

Até a próxima, cozinheiro!

Deixe uma resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *